Auditoria sobre Folha de Pagamento

Quando abordamos o assunto de interdependência entre organização e colaboradores surge à importância da auto fiscalização da empresa para diminuir erros e prejuízos nas rotinas trabalhistas. Consideramos esse aspecto necessário para que a empresa tenha uma estrutura bem organizada, eficiente e eficaz, contudo devendo ater-se aos pressupostos legais contingências trabalhistas e previdências.
A importância da Auditoria no Departamento de Pessoal equivale em um conjunto de averiguações que visam solucionar e prevenir problemas, assegurando que as rotinas estão em conformidade com as normas, regulamentos e legislação vigentes, diminuindo o risco de futuras demandas judiciais, processos trabalhistas e previdenciários e outros prejuízos oriundos de realizações incorretas no cumprimento das obrigações trabalhistas e previdenciárias.
Sendo uma das áreas o Departamento Pessoal onde o Ministério do Trabalho mais investe na fiscalização, a Auditoria Trabalhista fará um trabalho de revisão no cumprimento das obrigações fiscais, trabalhistas e previdenciárias, com o objetivo de reduzir e solucionar problemas assim como preveni-los a fim de evitar desde processos judiciais, multas e autuações.
Para resultado o Auditor deverá verificar os cálculos constantes na folha de pagamento, analisando as leis trabalhistas e a Convenção Coletiva de Trabalho de cada categoria e de cada estabelecimento da empresa (matriz, filial, escritório). Normalmente, a Convenção Coletiva de Trabalho tem peculiaridades que interferem no cálculo da folha de pagamento. Devendo observar as categorias de estabelecidas em bases sindicais diferentes, pois tem exigências distintas (Ex.: funcionário da matriz e da filial), bem como funcionários no mesmo estabelecimento, mas com categorias diferenciadas.
Com os procedimentos de auditoria são analisados ainda os registros de empregados, cartões pontos, folha de pagamento, salário família, ajuste salarial e equiparação, guia de recolhimento, entrega de obrigações acessórias. Fazendo referencia aos cálculos averiguou: horas extras, insalubridade, periculosidade, pensão alimentícia, adicional noturno, DSR, comissões, desconto de vale transporte, vale refeição, INSS, IRRF, desconto de convênios entre outros. Que no final do processo será apresentado um relatório completo com todos os pontos levantados e analisados, apontando as falhas e os caminhos para que a organização possa corrigir os problemas evitando prejuízos provenientes de práticas incorretas no cumprimento da legislação trabalhista e previdenciária. Rosimeri Marques – RS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *