Conheça os trabalhos das Auditoria Interna (AUDIN) e Externa realizados no Sistema FIEC

Claudio FIEC

25 de janeiro de 2016

Matéria publicada na Comunicação do Sistema FIEC

Data da Publicação: 22/01/2016

Aprimorar a integração dos controles internos, gerando eficiência nos processos, com objetivo de oferecer segurança ao patrimônio e ao bom desempenho econômico das empresas, são algumas das principais características trabalhadas hoje pelas organizações e no Sistema FIEC. A entidade tem implantada, desde 2003, a Auditoria Interna (AUDIN) e trimestralmente, seus processos são acompanhados por uma auditoria externa independente – obrigatória conforme os regimentos do SESI e SENAI – sob a responsabilidade do Grupo Maciel/Maciel Auditores, do Rio Grande do Sul.

A AUDIN tem objetivo geral de avaliar junto à Diretoria, às gerências corporativas e outros órgãos demandantes do Sistema FIEC, a adequação e a eficácia de diversos processos de controle interno – envolvendo, por exemplo, prestações de contas das unidades, aquisição, contratos, dispêndios, cumprimento de metas orçamentárias. A auditoria interna também promove a supervisão e a responsabilização da área financeira, a fim de garantir que a Diretoria desenvolva controles internos confiáveis.

O setor é formado pelo assessor especial da Diretoria, Hélio Beltrão, e pelos auditores Helton Santos e Carlos Henrique Rocha. A equipe de colaboradores também acompanha os trabalhos da auditoria independente e auxilia nas auditorias da Controladoria Geral da União (CGU) e do Tribunal de Constas da União (TCU), órgãos fiscalizadores desses tipos de serviços.

De acordo com o auditor Helton Santos, o Sistema FIEC trabalha com dois tipos de auditoria interna: a auditoria de avaliação e a de consultoria. “A de avaliação são as atividades previstas no Plano Anual de Auditoria Interna (PAINT), onde são planejadas atividades a serem desenvolvidas no exercício do ano, em função das necessidades da instituição, bem como levantamento dos riscos existentes e recomendações realizadas pelos órgãos de controle. Já as de consultoria se tratam da análise de casos específicos, casos que não fazem parte do PAINT”, avalia. O PAINT 2016 já foi formulado e encaminhado à presidência, superintendências, diretoria e gerências executivas do Sistema FIEC.

AUDITORIA EXTERNA – Tanto a auditoria interna quanto a externa utilizam-se das mesmas técnicas e têm sua atenção voltada para o controle interno como ponto de partida e formulam sugestões de melhorias para as deficiências encontradas. No caso da auditoria externa, entretanto, a revisão das operações e dos controles internos determinam a extensão dos exames de auditoria e a fidedignidade das demonstrações financeiras.

Desse modo, de três em três meses, o Grupo Maciel/Maciel Auditores realiza a auditoria externa dos processos da FIEC, IEL/CE, SESI/CE, SENAI/CE e Gerência de Condomínio (GECOD), com acompanhamento da equipe da AUDIN. “O serviço da auditoria externa passa tranquilidade e segurança ao conselho do Sistema FIEC, por comprovar os dados e resultados diagnosticados pelos setores do Sistema”, ressalta Hélio Beltrão, assessor especial da diretoria, que acompanha os trabalhos de auditoria interna e externa.

O gerente regional do Grupo Maciel, Cláudio Rogério de Oliveira, destaca que a auditoria externa é também uma forma de comunicação. “Quanto mais dados nós temos, maior é o volume de informação e conhecimento, ou seja, melhor será administrada a auditoria”, enfatiza.

GERÊNCIAS – O trabalho desenvolvido pelas equipes das gerências de Contabilidade e Fiscal (GECOF) e Financeira (GEFIN) também são vitais para o exercício de ambas as auditorias. A gerente da GECOF, Raquel Vidal, ressalta que o encerramento contábil, assim como o planejamento das casas, geram arquivos que são enviados ao Departamento Nacional.

“O setor de contabilidade tem uma data pré-estabelecida para o envio das demonstrações contábeis. Além das obrigações junto ao DN, temos reuniões mensais com o Conselho Fiscal das Casas (definida nos Regulamentos), para entrega de material com diversas informações contábeis, financeiras e gerenciais”, destaca a gerente da GECOF. As informações trabalhadas na gerência específica são enviadas para o Grupo Maciel, e servem de base para o relatório final do trimestre.

RAINT – Até o final de janeiro, será apresentado, pela primeira vez à Presidência da FIEC e aos diretores e superintendentes das casas do Sistema FIEC, o Relatório Anual de Auditoria Interna (RAINT), que relata todas as atividades trabalhadas pela AUDIN em 2015.

Entre as novas propostas a serem implantadas pela AUDIN para 2016, está a formação do Comitê de Auditoria, um grupo que pode trabalhar no auxílio da auditoria de maneira interna e externa, com atuação de processos interligados, que terá como função analisar as demonstrações financeiras do Sistema FIEC.

Voltar

(51) 3037.5034

Serviços